Máscara de tecido reutilizável e alternativa - Eco Fábrica

Máscara de tecido reutilizável e alternativa

Máscara de tecido reutilizável e alternativa

Máscara Reutilizável Covid-19

Devido à falta de máscaras descartáveis para proteção, o Ministério da Saúde orientou à população o uso de máscara de tecido reutilizável como uma alternativa. Em 23 de março de 2020, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) simplificou os requisitos para fabricação, importação e aquisição de dispositivos médicos prioritários para uso em serviços de saúde.

Com isso, a Ecofábrica desenvolveu uma máscara de tecido reutilizável 100% algodão. Essa medida foi tomada para ajudar pessoas comuns e empresas com dificuldade de conseguir a opção descartável do produto. A máscara de algodão pode ser lavada com água e sabão, fervida e passada à ferro para a reutilização.

Em entrevista ao jornal Gazeta do Povo, o secretário executivo do Ministério da Saúde João Gabbardo dos Reis encorajou o uso das máscaras de tecido reutilizável por conta da falta de estoque dos itens descartáveis. “A questão da máscara é insuficiente no mundo inteiro. Os Estados Unidos não têm máscara suficiente, o mundo não tem. Estamos fazendo esforço do que é possível”, afirmou Gabbardo.

Quem pode usar a máscara de tecido reutilizável?

Pessoas que trabalham com o público, como comerciantes, podem fazer o uso da máscara de tecido reutilizável 100% algodão. Porém, é essencial tomar os devidos cuidados. Afinal, o país e a economia não podem párar totalmente.

Já profissionais da saúde, pessoas confirmadas e familiares que prestam atendimento aos doentes devem utilizar a máscara descartável. Este item é o único testado e comprovado com maior proteção pela Anvisa. A máscara de tecido reutilizável pode ajudar, desde que com os devidos cuidados, porém não é garantida a proteção total contra vírus.

Cuidados com a máscara de tecido reutilizável

Segundo o Ministério da Saúde, a máscara de tecido reutilizável só é efetiva se associado à higiene frequente das mãos com água e sabão ou álcool em gel, além das demais recomendações como não aglomeração de pessoas e, ao tossir ou espirrar, cobrir a boca e o nariz com o cotovelo.

Mesmo com a máscara de tecido reutilizável, o usuário não deve levar a mão na boca, nariz, olhos e rosto.

Em uso, recomenda-se a troca de máscara a cada duas horas ou sempre que estiverem úmidas para aumentar a proteção. Se a pessoa estiver com febre, por exemplo, a máscara pode umedecer mais rapidamente e deve ser trocada.

A máscara de tecido reutilizável também é uma opção mais sustentável, já que a convencional precisa ser descartada a cada duas horas, no máximo. Assim, reduz a produção de resíduos descartáveis.

Alerta à produção caseira de máscara de tecido reutilizável

Parte da população tem recorrido à fabricação caseira das máscaras de tecido reutilizável. Porém, esse recurso não é o ideal e não protegem o usuário da contaminação.

Para que as máscaras, tanto as de tecido quanto as descartáveis, ofereçam a proteção devida é necessária a esterilização do produto. Ou seja, máscaras caseiras não são esterilizadas e não estão aptas para o uso. Por isso, é recomendada a utilização de máscaras industrializadas.

Máscara de Tecido Reutilizável 100% Algodão Ecofábrica

A Máscara Reutilizável da Ecofábrica para Proteção , vem com as seguintes características:

– Dimensões: 18 x 10 cm
– Material: Tecido Brim Leve 100% Algodão com tratamento Indanthren, parede dupla;
– Lavagem: Aguenta até 100 lavagens convencionais (água e sabão), não é preciso ferver;
– Com pregas para expansão e maior conforto, cobrindo nariz e boca;
– Com elásticos nas laterais;
– Personalização opcional.

Compre sua máscara de tecido 100% algodão reutilizável aqui.

Fontes de pesquisa: Portal Ministério da Saúde, Portal Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Jornal Estadão, Jornal Gazeta do Povo, Jornal Correio do Estado e Portal da Prefeitura de Penápolis/SP.