parceria-de-sucesso-empresas-se-unem-para-fazer-o-bem-ambiental

Parceria de sucesso: Empresas se unem para fazer o bem ambiental

Parceria de sucesso: Empresas se unem para fazer o bem ambiental

Uma das profissões que mais dignificam o ser humano e resgatam o verdadeiro valor à vida é a profissão de Bombeiro, já que é rotineiro demonstrar coragem, dedicação e um espírito de serviço à sociedade.

Para que possam enfrentar os grandes perigos a que estão submetidos, eles precisam utilizar ferramentas que permitam este desafio.

Um dos principais equipamentos de segurança das corporações trata-se da sua vestimenta. A roupa utilizada por este profissional é imensamente durável. Ela é feita para aguentar condições extremas e por isso é tão resistente.

Aqui no Brasil a SOS Sul é fabricante destes conjuntos. Sua fábrica fica no estado de São Paulo e, de lá, as peças saem para Curitiba para enfim serem distribuídas de norte a sul do país.

Apesar de ter uma durabilidade altíssima, alguns desgastes são naturais com os eventuais riscos a que estão submetidos os bombeiros brasileiros, além de possíveis contaminações químicas. Um dos destinos comuns dos conjuntos de combate à incêndio é a incineração, entretanto, trata-se de um processo custoso e extremamente poluente, já que a resistência ao fogo é um dos pontos fortes dos tecidos que são utilizados na confecção e a sua queima resulta na emissão de gases poluentes, como o dióxido de carbono, monóxido de carbono, óxido de nitrogênio, entre outros.

Sendo assim, além de produzir as peças com a mais alta tecnologia, a SOS Sul também as recolhe após um certo período de uso – variando de batalhão para batalhão.

Desta forma, a SOS Sul buscou a Ecofábrica a fim de encontrar uma solução: Reaproveitar estes materiais e transformar em produtos úteis e comercializáveis para tornar o projeto sustentável.

Como os bombeiros entram em contato com muitas reações químicas, fruto dos diversos tipos de materiais que são queimados em sua presença, é extraído de cada lote amostras de tecidos que são enviados a um laboratório para análise. Após, os conjuntos passam por um minucioso processo de esterilização. Durante esta etapa – que ocorre antes da entrega dos tecidos à Ecofábrica – os materiais, após estarem limpos, são desmanchados e classificados.

A Ecofábrica recepciona este material da Lavanderia e dispõem numa mesa tudo que é recebido, separando em pequenos enfestos para acomodar sobre os mesmos moldes de papelão. Através de um plano de corte preliminar verifica-se o melhor aproveitamento. Por isso, um pedido de vários produtos diferentes a serem cortados ao mesmo tempo é bom. Pois, primeiro são retiradas as peças maiores, já classificando o que fica mais aparente para o produto ficar mais apresentável e em segundo lugar são cortados os moldes menores.

Outro desafio neste trabalho é reunir os pedaços cujo tom é próximo um do outro para que o produto final fique bonito e coerente. Apesar de ser reaproveitado, o desafio é que fique bonito. É um trabalho que exige muito bom senso, resultado de muito diálogo e constante treinamento da equipe da Ecofábrica para fazer esta seleção.

O resultado é incrível e gratificante. Vale à pena você conhecer mais a fundo o resultado desta parceria no site: www.loja.sossul.com.br

Segue também o link para você tirar do papel o reaproveitamento do resíduo sólido da sua indústria e transformar em bolsas e sacolas.

Abrir chat
💬 Precisa de ajuda?
Olá! 👋
Como podemos te ajudar?